Ideia Circular e Ellen MacArthur Foundation: economia circular em debate na plenária

A gestão de resíduos sólidos e o fomento à economia circular, dois temas críticos das atuais discussões no campo da sustentabilidade, deram a tônica da primeira parte da plenária “Como Redesenhar a Produção e os Mercados”.

Em sua apresentação de abertura, Léa Gejer, da Ideia Circular, instigou a plateia com uma mensagem crítica sobre a urgência de repensar o modelo linear da atual economia – baseado na sequência produção-consumo-descarte. “É hora de repensarmos radicalmente essa lógica e, também, o modo como organizamos as nossas vidas e nossos hábitos de consumo”.

Maker Brands pergunta: qual é o problema que você está resolvendo? ​​

Para iniciar seu workshop ("Inovação ágil, relevante e disruptiva") no segundo dia do Sustainable Brands 2015, a dupla Igor Botelho e Bio Vega, da consultoria Maker Brands, fez três perguntas à audiência. Quem é seu cliente? O que você vende para ele? Qual problema do seu cliente você está resolvendo? A partir das respostas, a empresa espera provocar uma reflexão sobre como aplicar o empreendedorismo para criar negócios sustentáveis - atacando de uma só vez as necessidades dos clientes e os problemas do mundo.

Saladorama: A gente não quer só comida, quer comida saudável

Formado em engenharia de produção, Hamilton Henrique se define, acima de tudo, como um apaixonado pelo empreendedorismo. Para ele, empreender é resolver problemas. E ele não vê problema maior no Brasil do que a má alimentação. Morador de São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, ele sabe que a população mais pobre sofre com os problemas decorrentes de uma alimentação deficiente. "Hoje, somos milhões de obesos, diabéticos e hipertensos. A expectativa de vida das pessoas está caindo.

Coca-Cola: parceria para gerar negócios sociais na Amazônia

“Precisamos superar nossas vaidades e ter consciência de que, apesar de nosso tamanho, somos muito menores do que os problemas sociais que temos de enfrentar”. Com essa frase, Pedro Massa, gerente de Negócios Sociais da Coca-Cola no Brasil, resumiu os trabalhos da empresa na qualificação e no desenvolvimento da cadeia de valor da empresa na região amazônica, durante plenária da SB Rio 2015.

Ambievo: inovação brasileira em descontaminação de solo

“Brasileiros conseguem inovar”. Com essa frase marcante, Fernando Pecoraro, fundador e CEO da Ambievo, apresentou sua tecnologia de inovadora de recuperação de solos contaminados: a  Recoy, e o Ymaco, processo patenteado de limpeza de tanques de armazenamento de petróleo e seus derivados.

Tysdo: soluções online para valorizar o off-line

A ideia parece bastante simples e direta: permitir às pessoas realizar seus desejos. A principal inovação é o “como”: por meio de um aplicativo que estimula o internauta a fazer coisas que deveria fazer. É da tradução dessa proposta para o inglês – things you should do – que surgiu o nome do Tysdo, aplicativo 100% brasileiro que alcançou a marca de 150 mil usuários em pouco mais de dois anos de existência.

Enel/Ampla: levantando ideias para o futuro

Diante de um dos setores mais problemáticos em satisfação do consumidor – o de serviços de geração e distribuição de energia –, como uma empresa pode estreitar o relacionamento e criar parcerias com o público para solucionar problemas atuais? Para a Enel, um dos maiores grupos de energia do mundo, presente no Brasil, a resposta se deu a partir de uma plataforma de diálogo, baseada em crowdsourcing e mapeamento de ideias, com amplo leque de assuntos.

Reserva: boas histórias de empreendedorismo e responsabilidade social

Rony Meisler, o carioca de 34 anos que fundou em 2006 a marca Reserva, garante que nunca pensou em sustentabilidade ao criar a identidade de sua empresa. "Apenas queríamos fazer o que era certo", afirmou ele em sua apresentação na plenária "Como inovar em sustentabilidade", no primeiro dia do Sustainable Brands 2015. O empresário insistiu que "não entende nada" de moda ("O que é uma desvantagem, mas também uma vantagem, pois nos deixa livres para inovar e reinventar a marca sempre") e que as origens extremamente informais da grife continuam a orienta-lo até hoje.

Geekie: uma escola que ensina a aprender

Uma a cada quatro crianças brasileiras que iniciam o ensino fundamental abandona a escola antes de chegar ao nível médio. Nas contas do Banco Mundial, o abandono escolar ímpediu, nos últimos 40 anos, que o Brasil adicionasse R$ 300 bilhões a seu PIB. Claudio Sassaki, criador da plataforma de educação Geekie, quer mudar esse quadro. "Quando nossos filhos ficam doentes, não os mandamos para um hospital do século 19. Entretanto, eles estudam em escolas do século 19.

Como financiar a nova economia: o desafio em uma geração movida a valores

Negócios com finalidade não só de ganhar dinheiro, mas de gerar impacto – com ou sem fins lucrativos. Esses devem ser drivers de uma nova economia, na qual empresas obtêm seus resultados ao mesmo tempo em que contribuem com o desenvolvimento da sociedade. Isso sintetiza, de um modo geral, a visão apresentada pelos participantes do Debate Grandes Desafios – Como financiar a Nova Economia.