Title

Benfeitoria: menos competição, mais parceria

“A crise por trás de todas as crises que vivemos hoje é uma crise de valores. Quando vamos atrás desses valores, encontramos uma sociedade que nos ensinou e treinou a competir. Não somos muito bons em conviver”. Com essa reflexão, Tati Leite, líder da Benfeitoria, provocou a plateia da plenária de encerramento da SB Rio 2015 a revisar as formas de colocar os interesses dos negócios em sintonia com demandas da sociedade, trocando a competição pela parceria.

Reunindo aproximadamente 150 sócios, a Benfeitoria é um laboratório de inovação social que vem conquistando lugar de referência entre as plataformas de financiamento coletivo e estímulo à nova economia. Além de ser a primeira plataforma de crowdfunding gratuita do mundo, o projeto lançou em 2014 uma plataforma colaborativa de inovação urbana (Rio+) e a Universidade do Financiamento Coletivo, primeiro curso online gratuito da categoria no País, além de ter participado da produção do Reboot – Festival de Wikinomia. E, em 2015, será lançado o Benfeitoria 2.0.

Essa trajetória está em sintonia com a ideia de que bons projetos e empreendedores precisam de um espaço para compartilhar ideias – algo muito pouco explorado no modelo de competição, predominante na atual economia. Segundo Tati Leite, o viés criativo e colaborativo de fazer negócios ainda está muito distante do dia a dia das empresas. “Ao invés de querer começar do zero algum projeto, por exemplo, é essencial que a empresa possa dar uma olhada ao redor. Muitas vezes, ceder espaço, doar dinheiro importam menos do que facilitar o encontro das pessoas certas”, afirmou.

Na ocasião, Tati anunciou a criação de um canal alinhado à SB Rio 2015 e seu tema “How Now – como a inovação em sustentabilidade está transformando os negócios agora”. A ideia é que essa plataforma se consolide como um canal de compartilhamento que fomente empreendedores comprometidos com a adoção de sustentabilidade como driver de inovação, a partir de um fundo que impulsione os negócios da nova economia. Para mais informações sobre o projeto, basta enviar um e-mail para sb15@benfeitoria.com.

Comentários