GlobeScan: "Público espera confiança e liderança das empresas"

Na plenária "Como as marcas podem  engajar as pessoas", Chris Coulter, co-CEO da Globescan, fez uma apresentação baseada em dois conceitos básicos: confiança e liderança. "Confiança nas marcas é um elemento fundamental. Para ter um futuro, as empresas precisam da confiança do público. Liderança é o outro lado da moeda: estamos sedentos por líderes, mas precisamos de um novo tipo de líder", afirmou o americano.

Goodvertising: conteúdo publicitário com propósito

“A publicidade é o maior investimento no comportamento humano que pode ser feito pelo homem”. As palavras do dinamarquês Thomas Kolster, autor do livro “Goodvertising”, ampliaram os debates sobre o lugar da comunicação das marcas e organizações durante a plenária desta tarde na conferência Sustainable Brands Rio 2015.

Tátil: o storytelling precisa migrar para o storydoing

O sucesso de uma marca hoje depende da experiência que os públicos têm na relação com ela. A saída para vencer esse desafio? Entregar às pessoas o que eles precisam dentro daquilo que a marca têm para entregar. Esse foi o mote principal da palestra de Fred Gelli, da Tátil Design de Ideias.

Para navegar em tempos de falta de água

A grave crise hídrica que o Brasil enfrenta já causa efeitos consideráveis na atividade econômica do país. "Esperávamos uma recessão por conta da falta de água e essa preocupação continua. Em um cenário com uma recessão de 2%, naturalmente a demanda por água e energia cai - mas ninguém quer viver sob uma recessão de 2%. Estamos preocupados com a capacidade do país de gerar energia pelas próximas décadas", afirmou Caio Megali, economista-chefe do Itaú Unibanco, na abertura da plenária "Grandes desafios - crise hídrica".

Method: Pessoas contra a sujeira

"Pessoas contra a sujeira" é um excelente slogan para uma empresa que vende produtos de limpeza. A Method, companhia radicada em Chicago (EUA), pretende ir além da sujeira cotidiana, apostando no conceito de manufatura responsável para impactar positivamente a sociedade. Fechando a plenária inicial do segundo dia do Sustainable Brands 2015, o americano Joe Hunter, diretor de desenvolvimento de embalagens da Method, explicou as principais iniciativas sustentáveis da empresa.

NEWINC: educação, economia de recursos e ganhos compartilhados

Fazer a gestão de recursos e resíduos nos canteiros de obras de modo a organizar o consumo e a economia de materiais e de recursos naturais, direcionando o descarte dos materiais recicláveis. Com essa diretriz, a incorporadora NEWINC vem inovando no setor de construção civil, reduzindo custos e aplicando a economia circular em prol dos trabalhadores das obras.

Solazyme: "Pequenos e generosos microorganismos que vão mudar o mundo"

Fundada em uma garagem na Califórnia, em 2003, a Solazyme se dedica a extrair produtos de higiene, alimentação, lubrificantes e combustíveis de uma fonte improvável: microalgas. Explorando o potencial desses seres microscópicos, encontrados em lagos, rios e oceanos, a empresa espera trazer ao mundo "mais flexibilidade, abundância e um novo tipo de resiliência", nas palavras de Genet Garamendi, vice-presidente de comunicação corporativa da Solazyme.

BMW: foco em mobilidade de baixo impacto

A busca por soluções de mobilidade com baixo impacto ambiental e benefícios diretos para consumidores, meio ambiente e o setor automotivo ganhou destaque durante a plenária “Como redesenhar a produção e os mercados” da SB Rio 2015. Por meio de um think tank, apoiado pela alta liderança, o grupo BMW conseguiu estruturar uma nova divisão de negócios, dedicada a veículos de baixo impacto ambiental.

Basf: induzir a transformação de forma proativa

"Em relação à sustentabilidade, não esperamos o mercado pedir. Vamos lá e perguntamos o que o mercado está querendo. Vamos induzir a transformação." É assim que Emiliano Graziano, gerente de sustentabilidade da Basf, define a atuação da gigante alemã da indústria química. Falando na plenária "Como redesenhar a produção e os mercados", Graziano apresentou o conceito de Sustainable Solution Steering (ou "direcionamento de soluções sustentáveis"), que é aplicado a toda a linha da companhia.

Sinctronics: transformando lixo em matéria-prima

Ainda na linha de discutir modelos de economia circular, Carlos Ohde, da Sinctronics, apresentou ao público da primeira plenária do dia na SB Rio 2015 os desafios de atuar na gestão de resíduos eletrônicos no País. “Nosso propósito é basicamente conectar boas ideias e escala industrial, fechando as pontas soltas dentro do ciclo de vida dos produtos das organizações”, comentou.